O que é: Platônico

O que é Platônico?

Platônico é um termo que se refere a algo relacionado ao filósofo grego Platão, que viveu por volta de 427 a.C. a 347 a.C. Platão foi discípulo de Sócrates e fundador da Academia de Atenas, uma das primeiras instituições de ensino superior do mundo ocidental. Ele é conhecido por suas obras filosóficas, em especial os diálogos, nos quais apresenta suas ideias sobre diversos temas, incluindo a teoria das ideias.

Origem do termo Platônico

O termo “platônico” tem sua origem na filosofia de Platão, que defendia a existência de um mundo das ideias, ou formas, que é eterno e imutável. Segundo Platão, as coisas que percebemos no mundo sensível são apenas cópias imperfeitas das formas perfeitas que existem no mundo das ideias. Assim, quando dizemos que algo é platônico, estamos nos referindo a algo que é ideal, perfeito e transcendente, em contraste com o mundo material e imperfeito.

Platonismo na Filosofia

O platonismo é a corrente filosófica que se baseia nas ideias de Platão e que defende a existência de um mundo das ideias separado do mundo sensível. De acordo com o platonismo, as ideias são as verdadeiras realidades, enquanto as coisas que percebemos com os sentidos são apenas sombras ou imitações das ideias. O platonismo exerceu uma grande influência na filosofia ocidental, especialmente na Idade Média, quando as obras de Platão foram redescobertas e traduzidas para o latim.

Amor Platônico

Um dos usos mais comuns do termo “platônico” é para se referir a um tipo de amor idealizado, que não envolve desejo sexual ou interesse físico, mas sim uma ligação emocional e espiritual. O amor platônico é muitas vezes visto como uma forma pura e desinteressada de amor, baseada na admiração, respeito e afinidade intelectual entre duas pessoas. O termo tem origem no diálogo “O Banquete”, de Platão, no qual o filósofo discute o amor e a beleza.

Platonismo Matemático

Outra aplicação do termo “platônico” é no contexto da filosofia da matemática, onde se fala em platonismo matemático para se referir à ideia de que os objetos matemáticos, como números e formas geométricas, existem independentemente da mente humana. Segundo os defensores do platonismo matemático, os matemáticos não inventam, mas descobrem as verdades matemáticas, que existem objetivamente no mundo das ideias de forma atemporal e universal.

Platonismo na Arte

Na arte, o termo “platônico” pode ser usado para descrever uma abordagem idealista ou transcendental, que busca representar não a realidade tal como é, mas sim uma realidade idealizada ou a essência das coisas. O platonismo na arte valoriza a beleza, a harmonia e a perfeição, buscando elevar o espectador a um estado de contemplação e transcendência. Artistas como Rafael, Michelangelo e Botticelli são frequentemente associados ao platonismo na arte.

Platonismo na Literatura

Na literatura, o platonismo pode se manifestar na busca pela verdade, pela beleza e pela perfeição estética. Autores como Dante Alighieri, William Shakespeare e Goethe exploraram temas platônicos em suas obras, como o amor idealizado, a busca pela sabedoria e a redenção espiritual. O platonismo na literatura muitas vezes se traduz em uma linguagem simbólica e alegórica, que remete às ideias filosóficas de Platão.

Críticas ao Platonismo</h

Compartilhe:

Mais posts...

A Revolução do Pensamento Moderno: Uma Análise do ‘Discurso sobre o Método’ de René Descartes

Tempo de leitura 9 minutos Aprofundando nas camadas do pensamento cartesiano, este artigo explora o impacto duradouro do ‘Discurso sobre o Método’ de René Descartes. Desde suas provocações sobre a existência de Deus até sua influência na ciência moderna, mergulhamos nas raízes da epistemologia e da racionalidade. Descubra como Descartes redefiniu a busca pela verdade, inspirando gerações de filósofos e cientistas ao longo dos séculos.

Pitagoras

O Legado de Pitágoras: Filosofia, Matemática e Misticismo

Tempo de leitura 10 minutos Explore o legado fascinante de Pitágoras, o lendário filósofo e matemático da Grécia Antiga, cujas contribuições transcendem os séculos. Descubra suas profundas reflexões filosóficas, suas notáveis descobertas matemáticas e seu impacto duradouro no mundo da espiritualidade. Uma jornada pela vida e obra de Pitágoras, convidando-o a mergulhar nas profundezas do conhecimento humano e a contemplar os mistérios do universo.

1984 george orwell

Explorando o Mundo Distópico de “1984” de George Orwell

Tempo de leitura 7 minutos George Orwell, um mestre da ficção distópica, imortalizou-se com sua obra-prima “1984”. Publicado em 1949, este romance visionário continua a ecoar através das décadas, cativando leitores com sua análise sombria e perspicaz da sociedade totalitária.

livro-o-monge-e-o-executivo

Resenha do Livro “O Monge e o Executivo” de James C. Hunter

Tempo de leitura 8 minutos Descubra as profundas lições de liderança e ética contidas em ‘O Monge e o Executivo’ de James C. Hunter. Explore a jornada de autoconhecimento e transformação enquanto mergulha nas páginas deste livro inspirador, desafiando-se a aplicar seus ensinamentos para se tornar um líder mais autêntico e compassivo.